Instituto Ling apresenta música clássica e grandes nomes do jazz mundial em agosto

Instituto Ling apresenta música clássica e grandes nomes do jazz mundial em agosto

Recital com o Duo Ritter-Cordella homenageia o período clássico da música. A italiana Roberta Gambarini se apresenta com o trompetista norte-americano Roy Hargrove e quarteto pela primeira vez em Porto Alegre

No mês de agosto, a programação musical do Instituto Ling, em Porto Alegre, traz música clássica e jazz. No dia 12, sábado, às 17h, o Duo Ritter-Cordella apresenta um recital de música clássica com uma formação inusitada: contrabaixo acústico e cravo. Já no dia 17, quinta, às 20h, é a vez de dois grandes músicos do jazz mundial subirem ao palco do Instituto Ling: a cantora Roberta Gambarini e o trompetista Roy Hargrove, que tocam pela primeira vez em Porto Alegre, em única apresentação.

Duo Ritter-Cordella

Alexandre Ritter (contrabaixo) e Fernando Cordella (cravo) homenageiam o período clássico da música, interpretando dois dos mais importantes concertos para contrabaixo acústico: as eletrizantes e empolgadoras obras do tcheco Johann Baptist Vanhal (1739-1813) e do austríaco Karl Ditters von Dittersdorf (1739-1799).

O Duo desenvolveu um cuidadoso trabalho de estudo e pesquisa para as peças – escritas originalmente para serem executadas com orquestra. No recital, a parte orquestral fica por conta do cravo de Cordella, que vai imprimir suas próprias ideias musicais e improvisos, tão comuns no período clássico. Explosivas em seu caráter rítmico e de vivacidade virtuosística, as obras são desafiadoras para o contrabaixista contemporâneo, pois foram criadas originalmente para serem executadas ao Violone Viennense. A parceria do contrabaixo Ritter com o cravo de Cordella tem o objetivo de trazer o som e a contextualização brilhante dos concertos clássicos.

Professor de contrabaixo da UFRGS desde 2000, Alexandre Ritter recebeu os títulos de Doutor e Bacharel pela University of Georgia (EUA). Sua formação musical e acadêmica também inclui um ano de mestrado em Performance de Contrabaixo na University of British Columbia (Canadá) e estudos com Franco Petracchi na Academia Musicale Chiggiana, em Siena, na Itália e Campus Internazionale di Musica, em Sermoneta, também na Itália. Já participou de vários festivais de música, tendo realizado masterclasses com grandes contrabaixistas e tem uma extensa experiência como músico de orquestra, que inclui participação em orquestras na América do Norte e América do Sul, bem como as Sinfônicas de Porto Alegre e Paraná, no Brasil. Seu trabalho como músico sinfônico, camerista e solista o tem levado a tocar na Alemanha, Canadá, Costa Rica, França, Itália, EUA, Brasil e Argentina.

Fernando Cordella é diretor artístico da Confraria Música Antiga StudioClio e da Sociedade Bach Porto Alegre. Vencedor do Prêmio Açorianos 2011, como melhor intérprete da categoria música erudita pelo disco Cravos – de Frescobaldi a Mozart. Vêm atuando como solista e cravista das principais orquestras diversas orquestras do país, tais como Orquestra de Câmara Theatro São Pedro, Camerata Antiqua de Curitiba, Sinfonietta de Belo Horizonte, OSPA e Orquestra de Câmara da ULBRA, entre outras. Participa regularmente, desde 2006, como cravista oficial do Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga, em Juiz de Fora/MG. Seu interesse pela música barroca fez com que, a partir de 1998, se dedicasse a pesquisa de técnicas interpretativas deste estilo, tendo realizado cursos e especialização em cravo.

SERVIÇO
Duo Ritter-Cordella
Dia 12 de agosto, sábado, às 17h
Duração: 60 minutos
Classificação Etária: Livre
Ingressos: R$ 40 (50% desconto para estudantes, +60 e classe artística)
Pontos de venda
Online: http://www.institutoling.org.br
Presencial: Instituto Ling (R. João Caetano, 440). De segunda a sexta-feira das 10h30 às 22h; sábados, das 10h30 às 20h.
Endereço: Rua João Caetano, 440 | Bairro Três Figueiras | Porto Alegre
Fone: 51 3533-5700 | Email: instituto.ling@institutoling.org.br

Roberta Gambarini e Roy Hargrove

Desde que se conheceram na big band de Dizzy Gillespie, Roy e Roberta mantêm uma parceria que já dura uma década, apresentando-se juntos nos principais clubes e festivais de jazz, sempre acompanhados pelo quarteto de Roy: Justin Robinson (sax/flauta), Tadataka Unno (piano), Quincy Phillps (bateria), Ameen Saleem (baixo).

Nominada ao Grammy, premiada no Grand Prix du Jazz Vocal 2009 e “Cantora de Jazz do Ano” pela Associação de Jornalistas de Jazz em 2007 e 2009, Roberta é uma das mais importantes cantoras do século 20. A italiana radicada nos EUA usa a voz como instrumento, mostrando sua maestria no scat singing – técnica vocal que marcou a carreira de cantoras como Ella Fitzgerald, Sarah Vaughan e Carmem McRae. O texano Roy Hargrove – ganhador do Grammy Awards em duas edições – é reconhecido no cenário do jazz como um dos melhores trompetistas da atualidade, tendo tocado com gigantes como Herbie Hancock e Winton Marsalis.

Em 1998, Roberta Gambarini surpreendeu o mundo do jazz ao ganhar o terceiro lugar na Thelonious Monk Vocal Competition. Rapidamente a cantora entrou para o circuito internacional de Jazz, aparecendo em grandes salas de concerto, festivais e clubes ao redor do mundo (Carnegie Hall, Kennedy Center, Hollywood Bowl, entre outros), apresentando-se com gigantes como Chucho Valdes, Herbie Hancock, Dave Brubeck, James Moody, Hank Jones, Clark Terry, Michael e Randy Brecker, Jimmy Heath, Roy Hargrove, Jimmy Cobb, Slide Hampton, Frank Wess, Eric Gunnison, Neil Swainson, Toots Thielemans, Paquito D’Rivera, Mark O’Conner, Cyrus Chestnut, Percy Heath, Ron Carter, Johnny Griffin, John Lee, Billy Higgins, Cedar Walton, Ray Drummond, George Cables, James Morrison, Kenny Burrell e muitos outros. Nomeada ao Grammy, premiada no Grand Prix du Jazz Vocal 2009 e “Cantora de Jazz do Ano” pela Associação de Jornalistas de Jazz em 2007 e 2009, Roberta é uma das mais importantes cantoras do século 20.

Trompetista vencedor do Grammy, Roy Hargrove, se estabeleceu como um dos mais importantes músicos do cenário jazzístico. Com cerca de 20 discos gravados como líder e muitos mais integrando outras formações, Roy já tocou e gravou com ícones como Sonny Rollins, Herbie Hancock, Roy Haynes, Dizzy Gillespie, Oscar Peterson e com o seu inovador grupo de Hip-Hop / Jazz, Rh Factor, deixando marcas indeléveis em uma vasta gama de projetos, continuamente emocionando o público em todo o mundo. Hargrove também ganhou Grammy Awards com dois projetos diferentes. Em 2002, o grupo formado por Hargrove, Herbie Hancock e Michael Brecker foi premiado na categoria Melhor Álbum de Jazz Instrumental com Direction in Music: Live at Massey Hall, sempre muito elogiado pelos críticos por suas habilidades no trompete.

SERVIÇO

Roberta Gambarini e Roy Hargrove
Dia 17 de agosto, quinta-feira, às 20h
Duração: 60 minutos
Classificação Etária: Livre
Ingressos: R$ 40 (50% desconto para estudantes, +60 e classe artística)

Informações via assessoria de imprensa
Anterior O que a Taxa SELIC tem a ver com a sua vida? | A Economista de Batom
Próxima Saiba os temas mais buscados no Pinterest para a volta às aulas

Pin It on Pinterest

Share This